Arquivo

Archive for outubro \31\UTC 2011

SERGIPANO SÉRIE A-2 2011.

31 de outubro de 2011 Deixe um comentário

Gui@ do Esporte

Raimundo Morais.

Competição tem seqüência em novembro.

Depois de uma fase repleta de gols, polêmicas, e indecisões, o Campeonato Sergipano Série A-2 2011, chegou a sua fase final, com dois super jogos, e dois grandes resultados.

Na tarde deste último sábado, 29, dois jogos deram o ponta pé inicial na segunda fase do Campeonato Sergipano Série A-2 2011, que depois de uma primeira fase repleta de polemicas, gols monumentais e indecisões de todos os gêneros, dois clubes que foram destaque na fase de grupo decepcionaram e vê o Sergipano Elite 2012 distante.

Jogando em Tobias Barreto, no estádio Brejeirão, o Sete de Junho, venceu o então embalado Neopólis por 4 a 2. Gols marcados por Shalon (2) e Nivaldo (2).

Enquanto isso, no Adelbrando Franco, em Laranjeiras, os dono da casa não se intimidou e venceu o líder do Grupo A (Lagarto) por 3 a 0.

O Sergipano tem seqüência no próximo final de semana, com muitas emoções e reações, será?

Categorias:Sem categoria

No encerramento do Pan, Guadalajara se lança para organizar Olimpíada.

31 de outubro de 2011 Deixe um comentário

R7.com

Brasil foi desfalque na festa de cerimônia de premiação da maratona.

 No encerramento dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, as autoridades mexicanas divulgaram um projeto para organizar a Olimpíada na cidade futuramente. A ideia foi lançada durante o discurso do governador do Estado de Jalisco, Emilio González Márquez.

– O nosso próximo passo é organizar uma Olimpíada.

Caso receba o maior evento esportivo do mundo, Guadalajara vai repetir o que conseguiu o Rio de Janeiro. Em outubro de 2009, pouco mais de dois anos após organizar o Pan, a cidade brasileira ganhou o direito de sediar os Jogos de 2016.

Conheça o R7 Banda Larga. É grátis

A cidade mexicana não está entre as candidatas a sede para 2020, e as autoridades ainda não anunciaram se o pleito é para a edição de 2024.

Veja as respostas do quiz

Como é comum em cerimônias de encerramento, a entrada das delegações foi muito mais descontraída do que a da abertura. Todas entraram juntas, com muita festa. Vários atletas vestiam sombreiros, o chapéu típico mexicano para celebrar o evento.

O Brasil marcou presença importante na festa durante a cerimônia de premiação da maratona masculina. Como o medalhista de ouro na prova foi Solonei Silva, o hino nacional tocou durante a cerimônia no estádio Omnilife.

Após fazer o seu discurso, o presidente da Odepa (Organização Desportiva Pan-Americana), Mario Vazquez Raña, entregou a bandeira da entidade para o prefeito de Toronto, Rob Ford. A cidade canadense vai sediar a edição de 2015 do evento.

O último ato da festa foi um show do cantor porto-riquenho Ricky Martin.

 A Rede Record transmitiu os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara com exclusividade para a televisão aberta, ao lado da Record News. O R7 fez transmissões ao vivo das competições e uma cobertura completa dos eventos.

A emissora também mostrará a Olimpíada de Londres 2012 com exclusividade na TV aberta brasileira, e também pela internet. A Record detém ainda os direitos de transmissão dos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015 e 2019 e da Olimpíada do Rio de Janeiro 2016.

Categorias:Sem categoria

Roberto CarlosCanadá vence Argentina no rúgbi e leva o último ouro do Pan de Guadalajara

31 de outubro de 2011 Deixe um comentário

R7.com

Pumas erraram bastante durante a partida e deixaram topo do pódio para canadenses.

Canadá e Argentina disputaram neste domingo (30) a última medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Na final do rúgbi, os argentinos, que eram os favoritos, erraram muito, perderam uma conversão no final e foram derrotados pelos canadenses por 26 a 24. O bronze ficou com os EUA.

O que definiu a partida final em favor dos canadenses foram os erros dos argentinos, que deram duas bolas de presente para trys do Canadá. Além disso, a Argentina errou três conversões na partida, o que foi determinante para o resultado final.

A Argentina começou melhor o jogo e abriu o placar logo aos três minutos. Após uma roubada de bola, Gabriel Ascarato recebeu pelo meio e marcou o primeiro try (que vale cinco pontos). Manuel Gutierrez fez a conversão (que vale dois pontos) e deixou a Argentina na frente por 7 a 0.

Dois minutos depois, os canadenses anotaram um try em um contra-ataque com John Moonlight. Nathan Hirayama fez a conversão e empatou a partida em 7 a 7.

No último minuto do primeiro tempo, Francisco Cuneo recebeu pela ponta e marcou um try. Gutierrez, no entanto, não conseguiu a conversão e o período terminou em 12 a 7

Os canadenses voltaram para o segundo tempo decididos a mudar a história da partida. Logo no segundo minuto, um ataque muito rápido fez a equipe empatar o confronto em 12 a 12 (Hirayama não conseguiu a conversão).

Logo em seguida, Gutierrez errou um passe e o canadense Conor Trainor roubou a bola e anotou um try. Com a conversão de Hirayama, os canadenses chegaram a 19 a 12.

Os argentinos empataram na sequência, com ataque veloz de Ramiro Joya e conversão de Gutierrez.

Mas os Pumas, como é chamada a equipe argentina, estavam desligados no segundo tempo e erram mais uma bola, permitindo Trainor anotar outro try. Com a conversão, a vantagem do Canadá subiu para 26 a 19.

A Argentina até tentou roubar o ouro do Canadá, anotando um try quando o cronômetro já estava zerado. Gutierrez, no entanto, errou novamente a conversão, e a partida terminou 26 a 24 para os canadenses.

EUA são bronze

Na disputa pelo 3º lugar, os Estados Unidos se deram melhor que o Uruguai, fecharam a partida em 19 a 12 e ficaram com a medalha de bronze. Os uruguaios saíram na frente da partida com um try e uma conversão no primeiro tempo, mas os EUA empataram logo em seguida.

No segundo tempo, os uruguaios anotaram mais um try, mas erraram a conversão. Os EUA, então, foram para cima e viraram a partida, fechando o placar em 19 a 12.

O Brasil terminou o Pan apenas na sétima colocação (entre oito participantes), após vencer a Guiana por 26 a 7. Em quinto lugar ficou o Chile, que derrotou o México por 22 a 0.

A Rede Record transmitiu os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara com exclusividade para a televisão aberta, ao lado da Record News. O R7 fez transmissões ao vivo das competições e uma cobertura completa dos eventos.

A emissora também mostrará a Olimpíada de Londres 2012 com exclusividade na TV aberta brasileira, e também pela internet. A Record detém ainda os direitos de transmissão dos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015 e 2019 e da Olimpíada do Rio de Janeiro 2016.

Categorias:Sem categoria

Canadá vence Argentina no rúgbi e leva o último ouro do Pan de Guadalajara

31 de outubro de 2011 Deixe um comentário

R7.com

Pumas erraram bastante durante a partida e deixaram topo do pódio para canadenses.

Canadá e Argentina disputaram neste domingo (30) a última medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Na final do rúgbi, os argentinos, que eram os favoritos, erraram muito, perderam uma conversão no final e foram derrotados pelos canadenses por 26 a 24. O bronze ficou com os EUA.

O que definiu a partida final em favor dos canadenses foram os erros dos argentinos, que deram duas bolas de presente para trys do Canadá. Além disso, a Argentina errou três conversões na partida, o que foi determinante para o resultado final.

A Argentina começou melhor o jogo e abriu o placar logo aos três minutos. Após uma roubada de bola, Gabriel Ascarato recebeu pelo meio e marcou o primeiro try (que vale cinco pontos). Manuel Gutierrez fez a conversão (que vale dois pontos) e deixou a Argentina na frente por 7 a 0.

Dois minutos depois, os canadenses anotaram um try em um contra-ataque com John Moonlight. Nathan Hirayama fez a conversão e empatou a partida em 7 a 7.

No último minuto do primeiro tempo, Francisco Cuneo recebeu pela ponta e marcou um try. Gutierrez, no entanto, não conseguiu a conversão e o período terminou em 12 a 7

Os canadenses voltaram para o segundo tempo decididos a mudar a história da partida. Logo no segundo minuto, um ataque muito rápido fez a equipe empatar o confronto em 12 a 12 (Hirayama não conseguiu a conversão).

Logo em seguida, Gutierrez errou um passe e o canadense Conor Trainor roubou a bola e anotou um try. Com a conversão de Hirayama, os canadenses chegaram a 19 a 12.

Os argentinos empataram na sequência, com ataque veloz de Ramiro Joya e conversão de Gutierrez.

Mas os Pumas, como é chamada a equipe argentina, estavam desligados no segundo tempo e erram mais uma bola, permitindo Trainor anotar outro try. Com a conversão, a vantagem do Canadá subiu para 26 a 19.

A Argentina até tentou roubar o ouro do Canadá, anotando um try quando o cronômetro já estava zerado. Gutierrez, no entanto, errou novamente a conversão, e a partida terminou 26 a 24 para os canadenses.

EUA são bronze

Na disputa pelo 3º lugar, os Estados Unidos se deram melhor que o Uruguai, fecharam a partida em 19 a 12 e ficaram com a medalha de bronze. Os uruguaios saíram na frente da partida com um try e uma conversão no primeiro tempo, mas os EUA empataram logo em seguida.

No segundo tempo, os uruguaios anotaram mais um try, mas erraram a conversão. Os EUA, então, foram para cima e viraram a partida, fechando o placar em 19 a 12.

O Brasil terminou o Pan apenas na sétima colocação (entre oito participantes), após vencer a Guiana por 26 a 7. Em quinto lugar ficou o Chile, que derrotou o México por 22 a 0.

A Rede Record transmitiu os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara com exclusividade para a televisão aberta, ao lado da Record News. O R7 fez transmissões ao vivo das competições e uma cobertura completa dos eventos.

A emissora também mostrará a Olimpíada de Londres 2012 com exclusividade na TV aberta brasileira, e também pela internet. A Record detém ainda os direitos de transmissão dos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015 e 2019 e da Olimpíada do Rio de Janeiro 2016.

Categorias:Sem categoria

Com cesta no fim, Porto Rico bate México e leva ouro no basquete masculino do Pan.

31 de outubro de 2011 Deixe um comentário

R7.com

Caribenhos acertaram arremesso a 1,5s do fim e ganharam por 74 a 72 em Gadalarajara.

A seleção masculina de Porto Rico lutou ponto a ponto e sofreu, mas conseguiu vencer o México por 74 a 72 na final do basquete neste domingo (30) e conquistou a medalha de ouro da modalidade nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. 

A partida foi marcada pela disputa ponto a ponto, com mexicanos e os campeões pan-americanos se alternando à frente do placar. A menos de dois segundos do fim, o jogo estava igual em 72 a 72, mas Porto Rico segurou a bola e arremessou dentro do garrafão. 

A bola entrou e, como não havia mais tempo de jogo, os dois pontos decretaram a vitória dos caribenhos. Os mexicanos, por sua vez, tiveram que se consolar com a medalha de prata.

Na partida preliminar, os Estados Unidos ganharam da República Dominicana por 94 a 92 e ficaram com a medalha de bronze da competição. 

A disputa em Guadalajara não dá vagas para as próximas Olimpíadas, mas, em 2012, haverá um torneio Pré-Olímpico Mundial que dará outras três vagas para o masculino para os Jogos de Londres.

Comandando pelo argentino Ruben Magnano, o Brasil não se classificou para as semifinais e ficou na quinta colocação do Pan de Guadalajara, após vencer o Canadá por 74 a 56 no sábado (29).

Apesar do resultado ruim no México, a seleção brasileira masculina já tem assegurada a vaga nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012 por ter ficado em segundo lugar no Pré-Olímpico da modalidade, disputado em Mar Del Plata (Argentina).

O Brasil não participava de uma Olimpíada na modalidade deste os Jogos de Atlanta, em 1996. Se não fosse a Londres, seriam 16 anos longe dos Jogos Olímpicos. 

A Rede Record transmitiu os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara com exclusividade para a televisão aberta, ao lado da Record News. O R7 fez transmissões ao vivo das competições e uma cobertura completa dos eventos.

A emissora também mostrará a Olimpíada de Londres 2012 com exclusividade na TV aberta brasileira, e também pela internet. A Record detém ainda os direitos de transmissão dos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015 e 2019 e da Olimpíada do Rio de Janeiro 2016. 

Categorias:Sem categoria

Mulheres garantem seis ouros do total de dez do atletismo em Guadalajara.

31 de outubro de 2011 Deixe um comentário

R7.com

Vitórias ajudaram a manter o Brasil nas primeiras colocações do quadro geral de medalhas.

A meta do atletismo nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara era “empatar” em 23 medalhas com o Pan do Rio 2007, o que já era considerado difícil, porque tradicionalmente se ganham mais medalhas quando se compete “em casa”. 

Assim, se não foi ultrapassado, o objetivo foi cumprido, até com alguma surpresa, porque os técnicos esperavam dificuldades. E com uma boa contribuição das mulheres, que ganharam seis medalha de ouro e ajudaram a manter o Brasil nas primeiras colocações do quadro geral de medalhas.

Maurren Maggi estabeleceu que não teria o Mundial de Daegu como prioridade para 2011, e sim o terceiro ouro em Pans. Conseguiu, como previa o técnico Nélio Moura. No salto com vara, o técnico Élson Miranda hesitou muito em colocar o Pan no calendário de Fabiana Murer – que foi campeã da prova no Mundial. Sua atleta, por fim, iria ao Pan, mas para saltar o que desse. E Fabiana foi surpreendida pela cubana Yaresley Silva, ficando com a prata. Nada muito fora do previsto, também.

O momento do atletismo brasileiro tem mais mulheres em destaque do que homens.

Adriana abriu com ouro

Logo na abertura das competições Adriana Aparecida da Silva foi campeã da maratona. A delegação brasileira contava com Maurren e Fabiana, principalmente, mas contava ainda com Simone Alves da Silva, vice-campeã da São Silvestre, para os 10.000 m – só que a fundista foi suspensa por doping.

A velocista Ana Cláudia Lemos também vinha com boas expectativas – e se não foi ouro nos 100 m, que ficou para Rosângela Santos, venceu depois os 200 m.

Provas de tradição e menos conhecidas

O Brasil tem tradição em revezamentos e nos 4×100 m o ouro foi conquistado por Ana Cláudia Lemos, Vanda Gomes, Franciela Krasucki e Rosângela Santos – e também por Alison Feitosa, Sandro Viana, Nílson André e Bruno Lins. No 4×400 m, só competiram as mulheres, que foram prata – Joelma Neves, Geisa Coutinho, Bárbara de Oliveira e Jaílma Lima.

O país também foi ouro em uma prova em que não tem tradição – o heptatlo. E depois de sanção por doping, Lucimara Silvestre garantiu seu ouro na modalidade que reúne 100 m com barreiras, salto em altura, arremesso do peso, 200 m (primeiro dia), salto em distância, lançamento do dardo e 800 m (segundo dia).

Marílson, das ruas para a pista

Entre os homens, além do 4×100 m que chegou ao tetracampeonato, Leandro Prates foi ouro “suado” nos 1.500 m e Marílson Gomes dos Santos, bicampeão da Maratona de Nova York e tricampeão da São Silvestre, venceu em uma prova de pista do Pan: os 10.000 m. Também cumpriu seu objetivo no Pan, porque passou o ouro mais dedicado a maratonas rápidas, tentando índice para essa prova na Olimpíada de Londres 2012 – o que ainda falta conseguir.

No domingo (30), Solonei da Silva venceu a maratona, assegurando ao país sua décima medalha de ouro no atletismo e o tetracampeonato na prova. A marca superou o Rio 2007, quando o país ganhou nove medalhas de ouro, cinco de prata e nove de bronze.

A Rede Record transmite os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara com exclusividade para a televisão aberta, ao lado da Record News. O R7 tem transmissões ao vivo das competições e uma cobertura completa dos eventos.

A emissora também mostrará a Olimpíada de Londres 2012 com exclusividade na TV aberta brasileira, e também pela internet. A Record detém ainda os direitos de transmissão dos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015 e de 2019, além da Olimpíada do Rio de Janeiro 2016.

Categorias:Sem categoria

Neymar tem dia de “superestrela” ao lado de Beckham e Henry nos EUA.

31 de outubro de 2011 Deixe um comentário

R7.com

Astro do Santos deu o pontapé inicial na partida do New York Red Bulls.

Neymar, craque do Santos e da seleção brasileira, cumprimentou os dois principais personagens em campo, o francês Thierry Henry dos Red Bulls e o inglês David Beckham do Galaxy, antes de entrar em campo para entregar a bola da partida aos capitães das equipes – o próprio Henry e, pelo Galaxy, o norte-americano Landon Donovan, neste domingo, no Red Bull Arena.

– Foi uma satisfação muito grande receber esse convite, é mais uma forma de reconhecimento no exterior pelo trabalho que estamos fazendo no Brasil.

O atacante santista também se confessou um admirador da estrela dos Red Bulls, Beckham.

– O Henry é um jogador que acompanho há muito tempo, e que teve passagens fantásticas principalmente no Barcelona e no Arsenal, além é claro da seleção francesa. É um jogador que tem um estilo um pouco diferente do meu, jogando mais centralizado, mas que por isso mesmo é um dos grandes artilheiros do futebol mundial.

O jogo entre Galaxy e Red Bulls é o primeiro do play-off das quartas-de-final da liga americana.

Categorias:Sem categoria